terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Correção do ENEM 2012

Resolução comentada da prova do Enem 2012 pelo OBJETIVO 

ENEM 2012 - 2º dia 

Segue o link:

Fonte: OBJETIVO

Comentário Redação Enem 2012

A prova de Redação do ENEM deste ano trouxe como tema “Movimento imigratório para o Brasil no século XXI”. Uma abordagem temática bem concernente com o “estilo” desta importante avaliação, uma vez que o INEP aprecia  – seja na prova redacional, seja nas questões de língua portuguesa – assuntos que tenham o Brasil como centro das atenções, como nação a ser valorizada.

Abordagem redacional também – e principalmente – condizente com o momento econômico que vive o Brasil, já que o país vem ganhando, há alguns anos, notoriedade como potência em desenvolvimento e como nação em crescente expansão, transformando-se, portanto, em polo de atração para investimentos do mundo todo e atraindo movimentos imigratórios, principalmente os de origem latino-americana. Tem sido cada vez mais comum a entrada desses imigrantes em nosso país, atraídos pelas perspectivas brasileiras socioeconômicas e seduzidos pelas possíveis condições de melhoria de vida. O vestibulando atento aos noticiários, bem como o aluno aplicado às aulas de atualidades tiveram boas chances de tecerem uma boa reflexão sobre o tema.

Aos seus conhecimentos “extra-prova”, o candidato poderia somar dados e informações oriundos da pequena coletânea, presente na prova. Através de uma boa leitura dos dois trechos disponibilizados poderiam ter sido trabalhadas ideias como a de que boa parte dos imigrantes (haitianos, de acordo com o primeiro trecho) não é, necessariamente, miserável e a informação de que os bolivianos, muito pobres (de acordo com o segundo trecho), colocaram o Brasil como um dos mais procurados para a imigração, corroborando a ideia de que a nação tem sido um atrativo para os mais diferentes níveis socioeconômicos.

Dentro da temática redacional, o problema delineado pela prova foi o de que o Brasil precisa se preocupar com o tratamento desses tantos imigrantes em nosso território. Com relação a isso, o candidato, como em anos anteriores, teve que produzir uma proposta de intervenção social que, diante da leitura feita e usando de seus conhecimentos adquiridos ao longo de sua formação, poderia ter estado relacionada à necessidade da criação de novas políticas governamentais para a acolhida dos imigrantes no país, ou ainda a criação de medidas de restrição da entrada de imigrantes no país, ou também a necessidade de investimento brasileiro nesses países – principalmente os vizinhos – para que não haja a necessidade da imigração brasileira. Todas essas e tantas outras opções poderiam ter sido abordadas desde que se mantivesse, de forma efetiva e eficiente, o respeito aos direitos humanos. 

Nada previsível e, ao mesmo tempo, pouco excêntrico, o tema redacional do ENEM 2012, apesar da reduzida e limitada coletânea, possibilitou ao candidato boas reflexões sobre o movimento imigratório para o Brasil no século XXI, uma das mais notórias e recentes implicações de estar o país na “crista da onda” dos países em desenvolvimento.

Fonte: 
http://vestibular.brasilescola.com/enem/comentario-redacao-enem-2012.htm


**********************************************
Mudanças favorecem o processo de avaliação para o Enem 2012

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) apresenta em 2012 novas características, principalmente na redação, sendo que conta com mudanças no mecanismo de avaliação e as competências exigidas na produção. Veja nesta matéria informações e dicas sobre as áreas do conhecimento e seus componentes curriculares que comporão o exame.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012 teve suas novas regras apresentadas pelo Ministro da Educação Aloizio Mercadante e pelo Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) Luiz Cláudio Costa.

Eles informaram que por decisão do MEC os filtros de avaliação da redação tiveram as principais mudanças para que o mecanismo fosse mais preciso de acordo com as cinco competências exigidas. O número de corretores para o processo foi ampliado em 40% e cada redação será avaliada por dois profissionais independentes, sendo que se houver diferença superior a 80 pontos em qualquer competência ou maior que 200 pontos no total da nota, haverá a reavaliação de um terceiro corretor. Se ainda assim permanecerem as divergências, uma banca avaliadora apresentará a nota final.

Com o intuito de oferecer maior suporte aos estudantes, o MEC disponibiliza o guia com as novas regras para correção das redações do Enem 2012, sendo que serão distribuídos 1,6 milhão de exemplares nas escolas públicas e versões em braile, além dedownload disponível pela internet.

Vale lembrar que dentre as diversas informações contidas no guia, o estudante ainda contará com a apresentação de seis redações que obtiveram nota máxima (1000), no Enem 2011 e os devidos comentários realizados pelo Inep.



Língua Portuguesa


A prova do componente curricular Língua Portuguesa, inserida na área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, baseia-se no texto. Ele é o que direciona o aluno para a resolução das questões.

Uma das características da prova, que avalia, sobretudo, a competência leitora (compreensão e interpretação) do aluno, é cobrar o conteúdo contextualizado por meio de uma diversidade de gêneros textuais: fragmentos de romances e contos, poemas, músicas, notícias, história em quadrinhos, charge, anedotas, entre outros. É esperado que o aluno compreenda os diferentes gêneros e saiba que tipo de linguagem é adequada em cada um (uso formal e informal, linguagem padrão e coloquial).
Além da adequação ao gênero, a linguagem é tratada de forma diversifica. O tema “variedades linguísticas” aparece com frequência no exame, em questões que tratam das variantes regionais (palavras usadas em determinadas regiões) e do uso de gíria, por exemplo.

Com relação aos textos, é importante que não se tenha a ideia de que ele é composto somente pela linguagem verbal (aquela que faz uso de palavras). O ENEM explora também textos de linguagem não verbal (imagens, desenhos) e linguagem mista, a fim de que o aluno possa refletir sobre os diferentes recursos expressivos da linguagem.

Assim como há diversidade de gêneros textuais, a temática é diversa: são selecionados textos sobre a cultura brasileira (folclore, dança, música) e sobre temas sociais (qualidade de vida, saúde, violência, papel do cidadão, sobre a interatividade no ambiente virtual, entre outros), tendo sempre em vista o respeito à diversidade e aos direitos humanos. 

Espera-se que, ao ler, o aluno reflita criticamente sobre o assunto e a linguagem utilizados, perceba as diferentes funções da linguagem e os recursos argumentativos presentes nos textos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário